sábado, 19 de novembro de 2011

MISSÕES - AS DIFICULDADES E RECOMPENSAS

Pregação em 30 de Novembro de 2011 - Igreja Batista de Dionísio Cerqueira

Eloy Fernando Campana
 

Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada;

Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra;

E assim os inimigos do homem serão os seus familiares.

Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.

E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.

Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida, por amor de mim, achá-la-á

Quem vos recebe, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou.

Quem recebe um profeta em qualidade de profeta, receberá galardão de profeta; e quem recebe um justo na qualidade de justo, receberá galardão de justo.

E qualquer que tiver dado só que seja um copo de água fria a um destes pequenos, em nome de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá o seu galardão.
Mateus 10:34-42

Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada;

Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra;

E assim os inimigos do homem serão os seus familiares.

Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.

E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.

Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida, por amor de mim, achá-la-á

Quem vos recebe, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou.

Quem recebe um profeta em qualidade de profeta, receberá galardão de profeta; e quem recebe um justo na qualidade de justo, receberá galardão de justo.

E qualquer que tiver dado só que seja um copo de água fria a um destes pequenos, em nome de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá o seu galardão.
Mateus 10:34-42
Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada;

Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra;

E assim os inimigos do homem serão os seus familiares.

Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.

E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.

Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida, por amor de mim, achá-la-á

Quem vos recebe, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou.

Quem recebe um profeta em qualidade de profeta, receberá galardão de profeta; e quem recebe um justo na qualidade de justo, receberá galardão de justo.

E qualquer que tiver dado só que seja um copo de água fria a um destes pequenos, em nome de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá o seu galardão.
Mateus 10:34-42
TEMOS QUE FAZER TRES PERGUNTAS SOBRE ESTE TEXTO:
      1. Quem está falando
      2. Para quem está sendo falado
      3. Motivo

Vejamos no versículo 1 deste capítulo
Jesus ( quem está falando ), fala aos 12 ( 12 apóstolos a quem ele fala ) lhe dá poder para curar e expulsar demônios e os envia para pregar o evangelho ( motivo ).
Mateus 10:34-36
Aqui Jesus diz que muitos não aceitarão a boa nova da graça, por mais que o evangelho seja graça imerecida e de graça, o mesmo evangelho também exige um escancaramento do que realmente somos, exige que seja jogada uma luz em nossas obras. Os que amam mais as trevas do que a luz ( João 3:19 ) não aceitarão o evangelho. Isso inclui, infelizmente, pessoas da nossa própria família, pessoas da nossa convivência como amigos de trabalho e vizinhos.
Quem de nós já não teve um parente que se diz contra a nossa conversão a Cristo ? Quem de nós já não teve alguém incomodado ou que se sentiu ofendido com nossa forma de vida ? O que agrada a Deus, desagrada o homem natural.
O verbo que se fez carne, ( João 1:14 ). Jesus é a palavra de Deus, e esta palavra, este evangelho traz espada, contenda porque coloca um holofote nas obras do homem, e divisão entre a família em muitos casos. No continente Africano, em países de predominância muçulmana radical, a espada é no sentido real da palavra, cristãos são mortos, igrejas queimadas.
Aqui no Brasil e em outros países temos vários exemplos de intolerância religiosa, não só contra nós, também de pessoas que se dizem evangélicas contra pessoas de outras religiões.
Nos EUA a há uma Igreja Batista Westboro que fez protestos no funeral de Steve Jobs, com cartazes dizendo que ele foi para o inferno porque seus produtos não louvavam a Deus e promoviam o pecado, entre outros protestos.
Mateus 10:37
Essa passagem é um escândalo para o homem natural, que não tem visão do reino. Podemos dizer que quem ama mais seus familiares naturais do que a Deus, não é digno de Deus porque não é nascido de Deus, pois ainda é homem natural.
E honrar pai e mãe, como fica ? Simples, temos que honrar pai e mãe e amar nossos filhos ao modo e de Deus, não a somente a perspectiva humana. Se seus familiares contenderem com você por causa do nome de Jesus, continuará os amando como Deus ama você, continuará vivendo o evangelho e também segundo os princípios de Deus e que de certo modo e em algum aspecto você aprendeu com seus pais, assim os horará, mesmo distante deles.
Temos que ser compreensíveis e pacientes e insistentes na oração por nossos familiares, em Mt 10:16 diz que temos que ser prudentes como a serpente e simples como as pombas. Isso que dizer, não alimentar contentas por causa de ideologia religiosa.
Para quem tem a visão do reino dos céus é muito simples fazer essa escolha pois sabe que fazendo a vontade de Deus terá a possibilidade de salvar também seus familiares. E amar seus familiares e honrar pai e mãe é a vontade de Deus ao modo de Deus.
Mateus 10:38
Qual é sua cruz ? Aquilo que é difícil carregar, negar a nós mesmos e seguir a Jesus é nossa cruz. Fugir da aparência do mau, conviver neste contexto do reino parasita sem se contaminar com as coisas que são contrárias a vontade de Deus, viver na contramão da cultura desta sociedade, essa é nossa cruz. Quem não tiver essa consciência ou por razões particulares relativizar isso fazendo concessões a coisas deste mudo, não é digno de Deus, pode até ter um novo nascimento, contudo é preciso conscientização, conscientização exortada pelo Espírito Santo e escrita em nosso coração pelo amor a Deus, ao evangelho e as pessoas perdidas. Nossa cruz é o preço que temos que pagar por amor ao evangelho, essa aceitação é um processo em que Deus pacientemente aguarda.
( Contar sobre filho da Cindi Mt 5:10-11 minha tradução )
Mateus 39
Quem ama seu modo de vida segundo o sistema de coisas ( reino parasita ), não deixou Cristo entrar em seu coração. Temos que nos lembrar que essa vida, nossos filhos, nossos bens, nosso trabalho, nossas realizações pessoais, os elogios que recebemos, nossas medalhas ganhas em concursos e competições esportivas, nossos diplomas de faculdade, até nosso orgulho de ser cristão, tudo isso perderemos para sempre quando morrer. Não quer dizer que tudo isso não seja importante, estas coisas são importantes e fazem parte da nossa vida enquanto aqui na terra enquanto esperamos a volta de Jesus, tudo isso é muito bom, contudo se tornará se torna em vã quando colocamos acima do reino dos céus.
“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.” (I João 2 : 15)
Num outro aspecto extremo, no final perto do juízo, para nós, ( África, Egito, Síria, etc), isso deve ser com a própria vida, no sentido de estar vivo, quem quiser preservar a própria vida, perderá a vida eterna por vir. Ou seja, quem quiser preservar sua vida terrena, a vida eterna perderá, quem perder sua vida terrena por amor a Cristo, por amor a palavra de Deus, certamente é nascido do Espírito de Deus, e ganhará a vida eterna porvir..
Mateus 40
Quem recusar te ouvir sobre Jesus, recusa o próprio Jesus, assim diz o Senhor no versículo 40, quer dizer que quando falamos de Jesus para alguém, mesmo preparados, munidos de conhecimento pelo Espírito Santo, o ouvinte pode recusar, isso não quer dizer que você falhou no seu evangelismo e sim o ouvinte recusou a Cristo. Podemos falhar ? Sim, falhamos no evangelismo quando perdemos a oportunidade que Deus nos dá de falar de Jesus para os que estão preparados para ouvir, as vezes não estamos preparados suficiente em conhecimento e sensibilidade para perceber os corações prontos enviados por Deus para nós, esta sensibilidade vem da comunhão com Deus. As vezes não temos fé suficiente, muitas vezes temos vergonha ou medo de ser rejeitados, contudo quem é rejeitado é Cristo e não nós, já que Cristo vive em nós. Este medo de ser rejeitado pode levar pessoas a morte eterna. ( Compartilhar a história do Hospital ).
Quado temos medo de magoar as pessoas e ser reprovados por elas por causa do evangelho, nos escondemos, deixamos de dizer o que somos e em que acreditamos, estamos pensando só em nós, na nossa imagem, ou na imagem que o mundo desaprova, não estamos sendo fiéis a palavra nem fiéis a que acreditamos. Se somos cristãos, somos pequenos cristos, é Cristo que as pessoas tem que ver em nós, se temos que espelhar Cristo, temos que nos lembrar que vale o ditado popular, nem Cristo agradou a todos, por isso foi crucificado, alguns farão o mesmo conosco hoje.
Mateus 41
Galardão ou recompensa: aqui diz sobre aqueles que recebem ou ajudam um profeta. Trazendo para os dias atuais, qual é a recompensa de um missionário ? O céu, salvação ? Isso nós já temos, a recompensa de um missionário são pessoas salvas por Cristo, se isso é recompensa para nós, assim ajudamos e contribuímos com missões. Nossa recompensa é o objetivo do nosso coração satisfeito, se pessoas perdidas são importantes para nós, se salvar pessoas perdidas é prioridade para nós, então o mesmo galardão missionário será o nosso, o mesmo galadão do justo será o nosso porque amamos a justiça.
Mateus 42
Nem que for um copo de água, para Deus não é o tamanho do ato que importa e sim sua motivação, em Marcos 12-41-44, a viúva que deu suas duas moedinhas, veja que ela tinha pouco, ela poderia ter depositado só uma moeda, mais ela fez o seu melhor, porque a motivação era o reino, e não a si própria.
Conclusão
Amados, isto é o evangelho puro e simples, amar a Deus sobre todas as coisas e o próximo como a ti mesmo, talvez alguns podem achar isso pouco atrativo. Onde estão as vitórias ? Onde cabe neste evangelho o mais que vencedor que tanto se fala e pouco se compreende ?
Nosso Senhor, Deus de Israel, de Isaque e de Abraão, já nos proporcionou nossa vitória em Cristo Jesus, dando seu filho em sacrifício.
Para a visão do reino somos mais que vencedores, para a visão do mundo somos mais que malucos, temos que nos lembrar disso.
Podemos viver em partes aqui na terra o que está na vida porvir, paz de salvação, o sustento a realização de sonhos, tudo como benefícios proporcionados por Deus para que nos refrigeremos das lutas e amarguras deste mundo que nos atribulará porque não o amamos.
Vejamos alguns versículos:
( Dt 28:13 )E o SENHOR te porá por cabeça, e não por cauda; e só estarás em cima, e não debaixo, se obedeceres aos mandamentos do SENHOR teu Deus, que hoje te ordeno, para os guardar e cumprir.
(Fp 4:19) O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus.
( Mt 6:33 ) Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
( Salmos 37:4 ) Deleita-te também no SENHOR, e te concederá os desejos do teu coração.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Missões – Nosso tesouro trabalhar para o reino dos céus


Pregação em 23 de novembro de 2011 - Igreja Batista de Dionísio Cerqueira
Eloy Fernando Campana

Mateus 13:44-46 – O reino dos céus é como um tesouro escondido

Nestes textos, Jesus fala por parábolas como é o reino dos céus, este texto nos faz refletir sobre a importância da visão do reino dos céus em nossas vidas como coisa futura. E também devemos avaliar nossa vida, nosso coração, onde estamos realmente e onde está nosso tesouro, se é aqui na terra ou se no reino dos céus.
MOTIVAÇÃO VERDADEIRA AO EVANGELHO – REINO DOS CÉUS
Este amor a Cristo e também ao reino porvir é a motivação verdadeira. Um reino, um Deus, um Senhor. Fazer parte disso é bem mais do que vir a igreja ou contribuir financeiramente, é fazer parte da família de Deus, e da vida porvir.
Marcos 16:15 E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
Falar deste Cristo as pessoas, por nosso testemunho, trabalho, ofertas e orações, é nosso trabalho, a motivação verdadeira é o reino porvir, é a vida eterna porvir, é saber que menos pessoas irão morrer eternamente.
VISÃO DO REINO DOS CÉUS – NOSSO TESOURO
Qual é a motivação então para os missionários de qualquer denominação ? Cristo, almas, pessoas, obras sociais ? Tudo isso tem que culminar em Cristo e a vinda o reino dos Céus.
Qualquer coisa fora do alvo, Cristo, é trabalho inútil, é tempo, e dinheiro e salvação perdida. - “O propósito de Deus na nossa vida não nos fazer sentir bem, não é ter uma vida melhor e sim nos dar subsídios para chegar a estatura de Cristo.” ( Pr Klaus Peter )
Mt 6:19:21
FALSO CAMINHO – OURO DE TOLO
Hoje temos muitos exemplos de pessoas e organizações, denominações religiosas que se dizem cristãs e que estão completamente fora deste caminho do reino dos céus e da vida porvir. Sua filosofia é puramente antropocêntrica, humanista, tendo o homem como centro, disfarçada de santa, sendo que a motivação é somente o sucesso na vida terrena, onde o objetivo é a exaltação, riqueza e boa saúde do próprio homem.
Sabemos que a nossa carga cultural tenta por vezes trazer uma igreja ou filosofia que se molde as suas expectativas e satisfaçam seus desejos carnais.
Este tipo de teologia nos desvia de Cristo e do reino dos céus, não é um tesouro escondido e sim um tesouro terreno exposto a todo aquele que é do mundo. Sabemos que é tão somente um ouro de tolo que não terá valor nenhum no final, em Marcos 8:36 diz: Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma? Mt 6:19-21
NOSSOS DESEJOS
Por mais que afirmamos que nossa ideologia religiosa seja cristocêntrica ou seja o centro é Cristo, ainda temos que lidar e lutar contra nossos próprias limitações e desejos e também contra nossa cultura. Tendo Cristo como alvo, não quer dizer que as escorregadas de promoção ao próprio homem não aconteçam, que as vezes fazemos coisas para que o homem veja, sem se preocupar com a opinião de Deus. ( Em Gl 2:20 Não mais eu, mais Cristo vive em mim, é Cristo que as pessoas tem que enxergar quando fazemos por elas. )
Não nos damos conta que estamos só se servindo da graça de Deus, ficamos apáticos as milhares de pessoas que estão indo para o inferno, não sofremos por elas, sequer oramos, como se pequenas coisas, como programas de televisão, refrigerantes, ou um bom calçado são mais importantes que os perdidos estão espalhadas pelo mundo.
Ezequiel 3:18-19
18-Quando eu disser ao ímpio: Certamente morrerás; e tu não o avisares, nem falares para avisar o ímpio acerca do seu mau caminho, para salvar a sua vida, aquele ímpio morrerá na sua iniquidade, mas o seu sangue, da tua mão o requererei.
19-Mas, se avisares ao ímpio, e ele não se converter da sua impiedade e do seu mau caminho, ele morrerá na sua iniquidade, mas tu livraste a tua alma.
EM QUE NÍVEL ESSA LUTA ESTÁ TE AFETANDO ?
Você já não vive no pecado, não ama o pecado, embora ainda esteja sujeito a pecar.
Pecamos por inércia quando achamos que a salvação já está bom, quando salvação já é o bastante. Deixar de trabalhar para o reino é um pecado, pois o seu trabalho para o reino pode definir a salvação ou condenação de uma alma.
Se pergunte, o que eu estou deixando de fazer pelo reino de Deus ?
Será que eu estou sabendo balancear as prioridades da minha vida com relação ao reino de Deus ? Em nome da nosso conforto, ou aquilo que achamos que temos de direito pelo nosso trabalho ou nosso esforço, nós mesmos colocamos regras de como e com quanto vamos servir o reino, isso precisa ser dissolvido de nossa mente, já que como salvos reconhecemos que tudo é permissão de Deus.
QUE TRABALHO É ESSE ?
Isso não sou eu que vou te dizer, é o Espírito Santo. Posso te dar um monte de exemplos aqui, contudo não seria justo, porque cada membro do corpo de Cristo tem uma função, você precisa buscar a sua função no reino. Se é trabalho, se é oração, se é oferta em dinheiro ou todas. Uma coisa posso dizer que serve para todos: viver o evangelho custe o que custar, oração constante custe o que custar, estudo da palavra custe o que custar, este é primeiro passo. O resto o Espírito Santo te dará. – Já houvi muitos pregadores falar o seguinte: você tem que dar o seu melhor para Deus e não as sobras, as sobras de tempo para oração, as sobras do tronco da padaria, as sobras de tempo para congregação, etc...
Vou reformular esse pensamento: se você foi salvo, se você é filho de Deus e será participante do reino dos céus, então deve trabalhar em função do reino dos céus.
1Co 10:31 Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus.
VOU TER QUE LARGAR TUDO VIRAR MISSIONÁRIO ?
Você já é missionário, no treinamento lá no ABC, o pastor Silas Timóteo contou o seguinte:.....
Trabalhar para o Reino é missões:
      1. Viver em função do reino é trabalhar para o reino fazendo e promovendo missões, implacavelmente, dando tudo no que está no seu alcance
      2. Viver o evangelho verdadeiro, mesmo passando por caminhos estreitos, mesmo pagando preços, que para nós são altos, segundo nossa cultura, mais para a cultura do tempo dos apóstolos não passa de migalhas.
      3. A motivação é o amor por missões, nosso tesouro, que objetiva pessoas perdidas, para que se salvem, e que serão participantes do reino dos céus, assim como outras pessoas, em missões, também nos amaram e nos facilitaram o caminho do evangelho para este reino.
      4. Comunhão com Deus através da oração e da leitura da palavra é crucial para que o Espirito Santo nos oriente como viver e como ajudar, em qual comunidade missionária contribuir e qual a nossa função missionária neste corpo.
A condição de ovelha que contribui com o reino é ainda pior do que alguém que se propõe ir para um campo missionário, porque tem que lidar diretamente com o trabalho secular para seu sustento e também tem que achar espaço de tempo e recursos para contribuir com missões, ao paço que você, inverter essas prioridades Deus fará o resto.
Conclusão
Quando nós nos convertemos, ao passar do tempo vamos convertendo todas as outras coisas da nossa vida tanto material e sentimental, para beneficiar e facilitar o acesso do evangelho as pessoas perdidas.
Assim o reino de Deus, o reino dos céus, Cristo, a salvação dos nossos irmãos passa a ser nosso tesouro, nosso objetivo, o bom censo o Espírito Santo nos dará.
Esta igreja, este local, nós aqui somos alvo de amor de Deus por intermédio de missões, somos um tesouro para os que trabalham em função do reino.