segunda-feira, 26 de julho de 2010

Conduta Cristã

Pregação em 2010 - Igreja Batista de Planalto
Eloy Fernando Campana

Rm: 12:2 E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

Qual nossa conduta depois de aceitar a Cristo ?

Depois de aceitar a Cristo, e se tornar filho de Deus, ( joão 1:12 ), devemos ter conduta
compatível com aquilo que nos comprometemos e aprendemos e defendemos.

1) Não murmurar:
fp. 2.14-15 “14 Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas; 15 Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo; Devemos ser pessoas gratas, até pelas coisas ruins, pois para os que entregaram totalmente sua vida a Cristo, tudo que acontecer em nossa vida é propósito e permissão de Deus.

2) Relacionamentos:
1 co 5:9-11 9 Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem; 10 Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo. 11 Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais.
Salmos 1:1 Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Uma grande parcela da população resistente ao evangelho é devido ao mau testemunho dos que se dizem crentes.
Jeremias 9:6 A tua habitação está no meio do engano; pelo engano recusam
conhecer-me, diz o SENHOR.

3) Vida social:
Rm: 2:12 E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

É pecado ir no show do Daniel ? 
É pecado ir em uma festa destas do tipo de exposição ? 
Um baile de formatura ?

Quando você vai a uma pizzaria seja de uma amigo ou de um irmão de sua igreja você está o prestigiando, além de ajudar financeiramente com consumo dos produtos.
Não é pecado você e sua família irem a uma festa, mais se você for, a quem você prestigia ? O gasto do referente ao seu consumo contribui para quem ? A não ser que você aproveite para evangelizar não será edificante, nem para você, sua familia ou para Cristo.
Deste evento "feliz" que você se diverte com sua familia, mais nem olhou para o lado e nem bebeu cerveja, só refrigerante, você prestigia o pecado que é gerado neste evento, bebedeiras, prostituição, brigas, consumo de drogas, acidentes fatais nas estradas.
Em 1.co 6:12 Todas as coisas me são lícitas mais todas me convém.

4) Amor: 1João 4:10-11 10 Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados. 11 Amados, se Deus assim nos amou, também nós devemos amar uns aos outros.

Como é o amor cristão ?
Tem que refletir o a Cruz de Cristo. Deus deu seu único filho por amor a humanidade, então devemos amar uns aos outros como ele nos amou, nossa vantagem é que não precisaremos ser crucificados para isso.
Em Mateus 22:34 a 40 Jesus diz bem claro que devemos amar a Deus sobre todas as coisas e o próximo como a nós mesmos. Este deve ser o mandamento principal, a essência do cristão depois de aceitar e proclamar o nome de Jesus com Senhor e salvador da sua vida.

Paulo enfatiza a importância do amor em 1 Co. 13:1-13, no verso ele termina:
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor. Isso quer dizer q a fé e a esperança não são nada sem amor. 1 Pedro 1:22 Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade, para o amor fraternal, não fingido; amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro;

5) Obediência e fidelidade a Deus: mt 10:37 "Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim"
O temor ( respeito, reverência ) ao Deus altíssimo é princípio de sabedoria. A obediência a Deus é a parte mais importante como relacionamento com Deus, porque sendo obedientes revelamos a Deus que nós o amamos e confiamos nele.

6) Vida digna e reta: Salmos 55:23 Mas tu, ó Deus, os farás descer ao poço da perdição;
homens de sangue e de fraude não viverão metade dos seus dias; mas eu em ti confiarei. 
Salmos 101:7 O que usa de engano não ficará dentro da minha casa; o que fala mentiras não estará firme perante os meus olhos.
Nosso estilo de vida é reflexo do que acreditamos, uma vida digna e reta, com sabedoria, nada mais é que uma conseqüência da nossa obediência, a ação do Espírito Santo em nossa vida.

Conclusão
Quando nos tornamos filhos de Deus mudamos nossa conduta, não para mostrar que agora somos separados do mundo, mais mudamos nossa conduta por que é vontade do Pai, se essa mudança é notada pela sociedade é apenas uma conseqüência da sua conversão a Cristo, e a aparente mudança de vida não deve ser usada para própria exaltação.
Quem dá suporte para a conduta do crente é o evangelho a prática cristã e o Espírito Santo que habita em nós.

domingo, 25 de julho de 2010

O milagre do novo nacimento

João 3:3

Nicodemous foi até Jesus numa noite, nçao estava esperando um milagre, era membro do Sinédio, o conselho que regia os judeus, foi atraido pela lógica dos ensinamentos de Jesus.
Então se aproximando perguntou a Jesus, como pode um homem ser velho, nascer de novo Jesus respondeu: necessário vós é nascer de novo, o vento sopra onde quer, e ouves sua voz, não se sabe de onde vem, nem para onde vai, assim é todo aquele que é nascido do Espírito, João 3:7-8 o novo nascimento é igual ao vento, Jesus disse que não podemos vê-lo,mas seus resultados são bem evidentes. Ninguém vê a mão que levanta seu fardo, ou observa a luz que desce lá do alto. As bençãos vêm quando, pela fé, as almas se rendem a Jesus.
Então esse poder que nenhum olho humano pode ver, cria um novo ser, à imagem de Deus. É algo que nao podemos conseguir por por nós mesmos; mas a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus; aos que crêem em seu nome. (João 1:12 e 13)
O nascer de novo não é algo que vem através da força ou do planejamento. É um milagre, que só aconteceu com nossa permissão e jamais contra nossa vontade.
I Pedro 1:23 diz assim: Sendo de novo gerados, não de semente corruptivel, mas da incorruptivel, pela palavra de Deus, viva e que permanece para sempre.
Isto é um milagre do Poder Criador.
E o novo nascimento transforma por completo o comportamento do homem, mas as boas coisas que ele faz agora não são uma tentativa de merecer a salvação, mas uma resposta natural ao Salvador que ele conheceu e aceitou.
Não há duas conversões exatamente iguais, há semelhanças, mais o essencial de toda conversão, é olhar para Jesus. Existem decisões a serem tomadas, atitudes a serem tomadas, prioridades revertidas, deve existir amor, confiança e dedicação, existe tristeza pelo pecado cometido e deve existir arrependimento. Existe confição, dar e pedir perdão, existe um novo estilo de vida e um relacionamento feliz com o Sr Jesus.
Pedro, Paulo, Zaqueu, João, Tomé: cada um deles teve uma experiência totalmente diferente entre si, mais todos aceitaram que eram culpados, e tiveram que derrubar e ultrapassar as barreiras para que pudessem nascer de novo.
Nos dias de hoje, as coisas não mudaram, necessário nos é nascer de novo, necessário buscar santidade, sem ela ninguém verá a Deus.
Enfim, o novo nascimento é uma experiência que acontece no coração de cada pessoa.
Nenhuma condenação hpa para os que estão em Cristo Jesus, que vive segundo o Espírito.

Perdão é amor


Efésio 4.32, Colossenses 3.13, Mateus 6.12, Lucas 23.34
Um dos atos básicos da fé cristã, pois nossa salvação só é possível porque recebemos perdão de nosso Deus e Pai, mediante a obra de seu Filho na cruz em nosso favor. Amor e perdão sempre caminham juntos.
O perdão não não é um sentimento, nem depende da nossa vontade, é um mandamento de Deus ( Ef. 4.32 ).( Co 3.13 ).
Uma tarefa nada fácil para quase a totalidade das pessoas ficar indiferente a uma ofensa que venha de quem quer que seja. Há mágoas profundas, difíceis de se “digerir”, as vezes por anos. Mais cabe a nós cristão termos discernimento para tentar compreender a outra pessoa, com oração, longe de pecado e comunhão com o Pai. Acredite assim fica bem mais fácil. ( João 3.16 )

O que nos leva a perdoar ?
Perdão ou tolerância, como podemos identificar ?


  1. O tempo: o tempo é o mais comum para a maioria das pessoas, principalmente as que estão no mundo. O tempo passa as feridas cicatrizam e fecham, até um dia um assunto vir a tona e abre-se a ferida novamente e o sofrimento volta. Muitas pessoas, com o tempo, mesmo lembrando do ocorrido não mais sofrem, assim acham que até perdoaram.

  2. Por conveniência: por mais que uma pessoa tenha magoado a outra uma situação ou circunstância faz a pessoa perdoar, ou melhor dizendo, passar por cima, na verdade não há perdão, há um conformismo e tolerância, um deixa pra lá, mais o fato não é esquecido.

  3. Perdão gerado pelo amor, este sim é o verdadeiro, provém de Deus, fruto do espírito. É muito simples identificar. Quando não há ira e sim compaixão por uma pessoa que te prejudica. Nisso sim podemos dizer que você está perdoando por amor, por que está cheio do Espírito Santo e não vai sofrer com a agressão, seja por palavras ou fisicamente, pois sabe que seu agressor está perdido e não tem Deus no coração e precisa de sua compaixão e oração.( mt 5.44-48 ) ( lc 6.27-28 ).
    Foi isso que Deus fez em relação a nós enviando Jesus, foi isso que Jesus fez na cruz porque orou pelos seus algozes em Lucas 23.34, pois sabia que eles não tinham conhecimento nem discernimento. Jesus temeu, se preocupou, e amou as pessoas que lhe faziam mau.

Quando devemos perdoar ?


    1. No momento que fomos atingidos: Em atos 7.58-60 temos o exemplo de estevam que perdoou no mesmo momento da agressão recebida. Estevão orou por aqueles que lhe faziam mau. Como ser capaz de fazer isso ? Somente em comunhão com Deus e plena consciência de que seu agressores eram como crianças e que não sabiam o que estavam fazendo. 

    2. Quando aquele que ofendeu nos pede perdão: Considero uma benção muito grande, prova que a pessoa que lhe ofendeu percebeu que pecou e se arrependeu logo o Espírito Santo trabalhou nela, lhe deu forças, gerou nessa pessoa frutos do espírito. 
      Bem você pode pensar, como existe perdão de boca-pra-fora também há possibilidade desta pessoa vir a pedir perdão por apenas um interesse, mais isso já é problema dela, se você fez sua parte, orou e a perdoou pela sua atitude. ( Hb 8.12 )

Capacidade de perdoar

Infelizmente a natureza humana é incapaz de perdoar, por que tem que aprender a amar, este amor vem de Deus, não se preocupe, se você tem uma mágoa muito grande de alguém, peça a Deus que entre no seu coração, gere frutos do espírito e ore por esta pessoa que lhe prejudicou.
Quem nos dá capacidade de perdoar e de pedir perdão verdadeiro é o Espírito Santo de Deus, é a mão de Deus sobre você e sua vida é o amor de Deus sobre sua vida. ( Rm 8.14 ).

E quando você é o ofensor ?

Quando você está imediatamente do outro lado que estamos falando, quem ofende ou magoa alguém é porque tem algo errado. Cadê os frutos do espírito ? Reflita, ore, a sua atitude também pode ser uma reação a alguma atitude da outra pessoa, talvez esta pessoa nem percebeu o que acabou de fazer, e você desguarnecido da presença de Deus, e do Espirito Santo, é a brecha que o diabo precisa, plantando uma discórdia ali, uma conversinha aqui, levando você ao erro e fazer uma interpretação carnal da situação, não deixe de vigiar, não deixe de orar, isso pode lhe ofuscar as visão.
Cabe a você, cristão, temente a Deus, conhecedor da palavra manter e fazer de tudo pra manter a paz e o diálogo entre os irmãos, cabe a você, por intermédio do Espírito Santo, identificar um início de contenda e fazer cessar ali mesmo, não deixando lado para o inimigo, não dando brecha a aquele que quer a desunião entre os irmãos assim prejudicando a obra do Senhor. Você pode dizer, “é mais o irmão tal tá muito errado, assim, assim...”, mais não é esse o objetivo, provar quem está com a razão, é manter a paz e a união entre os irmão para que a obra não pare.

Perdoar não é ser bobo, é ser nobre. Perdoar não é passar a mão na cabeça.

Devemos perdoar de coração, mesmo quando não temos coração pra isso, poque assim manda a palavra de Deus, quando o perdão não vem por compaixão, devemos nos esforçar para perdoar, orando, buscando o Senhor, Deus se agrada disso, percebe que você tem consciência, apesar de muito magoado, que a união e a paz e a salvação do seu irmão é mais importante que a demanda, mais importante que talvez a humilhação que você passou, mais importante que o dinheiro que ser irmão te deve, seu irmão e a unidade da congeração é mais importante. Ore ao Senhor para que ele alivie a mágoa do seu coração, assim você terá mais clareza pra entender e lidar com a situação.
Não confundir perdão com permissividade, se seu irmão insistir na discórdia ou no erro, continue orando. Não é que você precise ficar “lambendo”, também não é assim, se a pessoa te ofendeu e você espera que ela te peça perdão e ela age com não tivesse acontecido nada, faça sua parte, cobre e avie-a que você está magoado, o diálogo é o melhor remédio, mais se a pessoa não concordar com sua opinião, entregue para Deus, porque você já fez a sua parte, lembre-se o que não está ao alcance de sua mão é porque está na mão de Deus, peça a Deus que te alivie a mágoa e ore muito por ela, não pra ela te pedir perdão, mais que Deus lhe abra os olhos para que ela não faça com outro, esta pessoa pode estar enganada e se enganando por orgulho. Orgulho ? Não é um fruto da carne ? Então, voltamos no inicio.

Quando não devemos pedir perdão ?

Quando não há necessidade, quando todos andam no espírito e evitando a contenda, compreendendo e orando um pelos outros, evitando discussões e fazendo a semente do diabo morrer na casca.

Concluindo:
Se todos os irmão andarem no espírito se preocupando em evitar discussões, discórdias, orar um pelos outros, o foco da obra de Deus e a mordomia a Deus não será perdida, e o nome do Senhor será glorificado.   

RELIGIÃO X REDENÇÃO

Pregação em 2009 - Igreja Batista de Dionísio Cerqueira
Eloy Fernando Campana
 
João 5:1-18

A Religião diz: se eu obedecer, Deus vai me amar
se vc parar de beber, se vc parar de fazer isso ou aquilo e começar a fazer ESSAS outras coisas, daí Deus vai te amar.

A Redenção diz: Deus ama você do jeito q vc é, obedeça-o
Cristo morreu por nós, ele demonstra seu amor na vida, morte sepultamento e ressurreição.
Rom. 5.8 Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.

Você pode amar a Deus e obedecê-lo (3 Mud): porque ele vai mudar seu coração, sua mente, sua vida, como em Romandos ( a bondade dele vai te levar mudança de mente ( rom. 2:4 e 5 )

Evangelho da religião ( ju ): um falso evangelho é pregado pela religião, seria mais ou menos assim: eu olho para minha filha de 3 anos e digo: Julinha, aqui tem uma lista de coisas que vc deve fazer , se você as fizer eu vou ser seu pai e vou te amar, mas se vc não as fizer eu não vou t amar e nem ser seu pai.

Deus é pai que olha para seus filhos e dizer Eu te amo, então me ame e me obedeça.
Eu sou teu pai, minhas ordens são boas, estou aqui para proteger e defender você.
Devemos fazer sempre isso com nossos filhos:
eles estão rebeldes, pecadores e tal.
Eu olho bem nos olhos deles e digo: Eu sou quem ?
eles dizem: Té és meu pai
e oq eu sinto por você ?
eles: você me ama
e o que vc vai fazer ?
eles: vou obedecer
É totalmente diferente da religião

2 tipos de pessoas segundo a religião: Gente boa e gente má
Como reconhecer as pessoas boas ? "Elas são iguais a mim é claro"
e as más ? "Elas não são como eu"
É o que a religião ensina: Gente boa. Gente má
A Redenção ensina: Tem 2 tipos de pessoas: arrependidas e não-arrependidas
Todos pecamos e estamos destituídos da glória de Deus, todos somos pecadores, todos somos maus, Deus não vê gente boa ou gente má, Deus ve gente má e o Senhor Jesus, só isso.
Se todos nós fossemos ovelhas, todos nós teria-mos a lã manchada, semente Jesus seria alva, sem sequer uma só mancha.
Os religiosos não entendem e dizem: estes são gente ruim, os religiosos são os que mataram Jesus !
Jesus vai aos mais esculachados, os pervertidos, os devassos, as prostitutas, os alcoólatras, os ladrões e diz: Vocês são pecadores !!!
Jesus diz o mesmo aos religiosos
e eles: você tem demônio ! ( João 8:48 )
Você é um gente má, nós somos gente boa, você anda com gente má, vc anda com eles ?
Você não é um cara bom, não é como nós vc quebrou nossas regras, vamos matar você !
Isso é religião Ela diz que tem gente boa e gente má


a Redençao diz que tem gente má arrependida e gente má que não se arrepende
Essa é a única diferença
Religião nunca leva a alegria ( hip ) ou a humildade pq faz uma longa lista de regras que não estão na bíblia, nos coloca fardos impossíveis de suportar
Se vc tenta obedecer as regras pelas próprias forças ou pela própria carne vc se torna um arrogante, se acha melhor que todo mundo. Uma hora vc descobre que é um hipócrita completo pois não consegue jogar pelas próprias regras.

Quantos já tiveram essa percepção ? ( ter religião e não conseguir )
"Não sou bom o suficiente, não consigo, eu me esforço, não sou perfeito, talvez eu não seja eleito,
ou Deus não me ama, ou não tem esperança, eu tenho a religião e simplesmente não consigo.
Eu não bebo, nem fumo, sou uma pessoa de Deus.

A auto-estima é maligna, o orgulho não é uma virtude, é um vício.
Deus não quer que sejamos orgulhosos, nem deprimidos e desesperados.
Ele quer q tenhamos uma alegria humilde
A Religião só leva a um orgulho: "Eu fiz !" e Desespero: "Eu não consiguo"
Nunca leva a Jesus
Nunca leva a humildade: "sou um pecador, eu não salvei a mim mesmo, eu não redimi a mim mesmo, não sou herói da minha vida.
JESUS é meu herói, é meu Redentor, JESUS é meu Boaz ( livro de rute )
também me leva a alegria, Deus me ama, me abençoa, Deus tem boas coisas pra mim
época difícil ou abençoada - Deus me dará alegria.

Depressão - O que a palavra de Deus diz ?

Primeira pregação em 2009 - Igreja Batista de Dionísio Cerqueira - Centro
Eloy Fernando Campana

Depressão é um mau que assola boa parte da população do mundo e que também pode atingir cristãos, vamos entender o porque, o que é depressão e como a oração e a paz de Deus pode nos auxiliar nesta batalha adicional.

Antes de falar sobre o que a bíblia diz sobre depressão vamos entender um pouco dessa doença segundo a ciência:
Na ciência médica há muitas teorias, nas ciências humanas cada corrente da psicologia tem um postulado teórico para falar a cerca da depressão, não há uma definição fundamentalmente rígida do que é a depressão, a cada dia surge uma descoberta, cada dia tem um dado novo.

As origens:
Dentre muitas há vamos citar 3 mais comuns:

Endógena: com origem fisiológica, ou seja, interna, gerada por reações químicas do organismo, como problemas hormonais como menopausa, problemas glandulares, anemias, diabetes, enxaquecas e outras. Porque tais males inibem a produção de serotonina que nada mais é que um neurotransmissor, responsável pela comunicação das células cerebrais, muito complexo o assunto mais no final, em alguns casos causa depressão.
Psicótica: A mais problemática e perigosa é gerada por deficiência mental, há um sofrimento intenso, levando o indivíduo perder na noção da realidade, perda de controle emocional muito forte, este tipo pode levar a pessoa a morte.
Reativa: A mais comum, é gerada por fatores externos, entre tantos motivos citamos 4 principais:
Indecisões, injustiças, perdas e relacionamentos.
Intensidade: Identificamos dois tipos:

  • Crônica: Longas com menos intensidade

  • Aguda: Curtas porém com maior intensidade
Alguns sintomas: Perca do sono, Perca da fome ou fome demais, choro constante, um não investimento em si mesma, desânimo profundo, são somente alguns entre tantos sintomas de uma pessoa depressiva.

Pode um servo de Deus entrar em depressão ?
Sim pode. Porque ?

1) Uma questão de humanidade, apesar de convertido, transformado, batizado você não deixou de ser um ser humano. Muitas vezes o crente acha que está num estado de santidade e na verdade está num processo de santificação.
Em João 16:33 “Tenho vos dito, para que em mim tenhais paz, no mundo tereis aflições, mais tende bom ânimo, eu venci o mundo.”
Em Mateus 5:45 “Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.”

2) O inimigo: é evidente que quando o inimigo percebe que você está abatido ou triste, por qualquer razão, ele vem com tudo pra tentar te jogar mais para baixo, ele sabe que quem comanda você é seu psiquismo. Isso não quer dizer que a origem de sua fraqueza é coisa do diabo, ele apenas aproveita sua “deixa”, ele é oportunista. Ele vai colocar coisas na sua cabeça como: você não vale nada, eu não sirvo pra isso mesmo eu sou um derrotado. Faça como Jesus em Mateus 4, não deixe o diabo dar a última palavra na sua vida, ore ao Senhor, peça sua paz, peça orientação, Deus deve dar a última palavra na sua vida.

3) Ação exclusiva na expectativa humana: as pessoas tomam decisões importantes na sua vida sem consultar Deus, querem fazer tudo, querem tomar conta de tudo, querem que Deus faça tudo sem perguntar a Ele se realmente é isso vai ser bom e se tal coisa é vontade e propósito de Deus, como se fossem altamente suficientes e Deus fosse um mero ajudador. Na adversidade, sem orientação de Deus não há equilíbrio emocional ai pode gerar a depressão. É verdade que isso não acontece com a totalidade das pessoas, há realmente pessoas que não se abatem, são lutadoras vorazes, mas sem Deus, perdem bom tempo da sua vida tentando por si mesmas, somente com capacidade e inteligência, sem sabedoria e invertendo valores e princípios fundamentais da vida, prejudicando a si e sua familia. Obtém sucesso, prosperidade financeira, mais a um custo altíssimo.
Quem deixa Deus de fora das suas decisões é forte candidato ao fracasso e conseqüentemente entrar em tristeza. Em filipenses 4:6 “Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças.
Participe Deus em tudo que está acontecendo na sua vida para que não tomes decisões precipitadas.
1 pedro 5:7 “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

Como não deixar a depressão te alcançar ?

Temos que compreender pelo que estamos passando, qual o motivo ? Porque tenho que passar por tal prova ? Se já sou salvo ? Se venho todo domingo a igreja? Temos que entender os propósitos e as missões que Deus nos coloca, hoje temos o Espírito Santo de Deus para consolar e nos guiar e responder nossas dúvidas, diferente do tempo dos profetas, se um profeta daquele tempo viesse agora certamente acharia que já estaria no céu.
Vamos ver um exemplo de homem de Deus que realmente entendia o que se passava e qual era o propósito de Deus na sua vida e em momento algum fraquejou ou se deprimiu.

José do Egito:

José do Egito é um grande exemplo de perseverança e obediência a Deus, teve perdas e sofreu grande injustiça. Quando jovem foi vendido pelo seus irmãos como escravo. Nesse momento José do Egito sofreu duas coisas, injustiça e perda. Perdeu a convivência com sua família, seus pais e seus irmãos, com 17 anos aproximadamente, ele era o queridinho do papai, agora trabalhava como escravo. Mais José não deixou-se abater nem murmurou, ele foi o melhor servo na casa de Potifar, um eunuco do faraó. José foi o melhor dos servos de Potifar, tanto que Potifar deixou-o tomando conta de tudo em sua casa. Mais José teria mais problemas, a mulher de Potifar colocou os olhos em José e o desejou, convidou José que se deitasse com ela, José não concordou, pois obediente a Deus e a seu senhor Potifar, vemos isso em Gênises 39:7-9. José fez aquilo que Paulo fala em 2a. Timóteo 2:22 “Foge também dos desejos da mocidade, e segue a justiça, a fé, a caridade e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor”. A esposa de Potifar, irou-se contra José e armou cilada, fazendo com que José fosse preso. ( Gênises 39:12-20 ).
Podemos ver ai que José, mais uma vez, teve perdas e sofreu injustiças, perdeu, injustamente, a confiança e posição e conforto que tinha conquistado na casa de Potifar, perdeu sua liberdade, pois foi posto no cárcere, lá ficou por 12 a 13 anos. José tinha tudo pra ser de mau com a vida, depressivo, triste ou revoltado, em vez disso José era fiel a Deus, obediente, ele conseguia ver com olhos espirituais aquilo que passava, a prova que passava era para o propósito de Deus, ele sabia tinha convicção que o Senhor Deus era com ele. José foi tão bom e obediente no cárcere que devido a sua conduta o carcereiro o colocou para tomar conta dos presos. Com 30 anos de idade José sai da cadeia e é colocado como governador geral do Egito por que interpretou um sonho do faraó. José foi duas vezes injustiçado, duas vezes sofreu perdas, dentre as quais por 3 vezes teve cargos de confiança acima de qualquer cargo, nos lugares em que sofreu.
Qual é o segredo do José ? Porque ele mantém tão grandiosidade de espírito ? Porque amava a Deus sobre todas as coisas, e entendia o que Deus queria dele, ele sabia que Deus estava no controle de tudo.
Vamos supor que seu patrão diz que você vai ter que fazer um trabalho que vai lhe custar muito tempo, sofrimento e angústia, injustiças e perdas, mesmo assim você topa o trabalho poque ama seu patrão e as pessoas que vão se beneficiar de seu trabalho. Isso é comprovado em Gênises 45:4-6. Neste texto da Bíblia nos ensina que José entendia perfeitamente que Deus queira. Não guardou raiva de seus irmãos porque sabia que tudo era propósito de Deus ele atribui tudo a Deus e não a seus irmãos. Detalhe importante aqui é que naquele tempo o Espírito Santo não habitava entre nós, não havia um espírito consolador que preenche nosso espírito explicitamente.
Em toda tribulação há um propósito de Deus, ele vai te mostrar alguma coisa, ele vai te ensinar algo, ele vai te livrar de coisa pior. Salmo 4:8 “Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, Senhor, me fazes habitar em segurança”

Paulo também foi um grande exemplo, sofreu, por amor a Deus, o que ele diz em filipenses 3:13-14, 4:8. Aprendemos aqui também com Paulo que não devemos ocupar nossa cabeça com coisas que não edificam, afasta os pensamentos ruins da sua cabeça, hoje temos a oração e o Espírito Santo para nos ajudar, é só orar e pedir....
Outra coisa importantíssima para evitar a depressão é cumprir o mandamento de Jesus que está em Mateus 22 a partir do versículo 37. Se você deve amar seu irmão. O relacionamento é uma das coisas que gera depressão, cumprindo esse mandamento você sempre vai entender o outro e vai com certeza evitar contenda.
E por último para evitar que a depressão chegue a você produza fruto do espírito. Gálatas 4:22

Como sair da depressão ?

Se você está em depressão lança-a a teu Deus, no salmo 42:3 “As minhas lágrimas servem-me de alimento de dia e de noite, porquanto me dizem constantemente: Onde está o teu Deus?”
O salmista estava deprimido, choro constante é sinal de depressão, e se ele ficasse no canto chorando e se lamentando é provável que morreria ( depressão mata ) mais veja a seguir o que ele fala em salmo 42:5 “Por que estás abatida, abatida ó minha alma, e porque te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei na salvação e presença”, aqui ele fala consigo mesmo e aprendemos o que lhes sustentava na hora da tristeza era a esperança em Deus, não importa o que passes, tem esperança no seu Deus. Somos privilegiados por que Cristo morreu por nós deixando o Espirito Santo para nos sustentar.
Chama teu Deus pra cuidar de ti nessa hora, veja o que diz o salmo 46:1 “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia”.
Procure ajuda médica: Deus deixou os médicos ai pra isso. Tudo depende da vontade de Deus, tudo depende do que você vai ter que aprender, você pede á Deus que te cure ou te amenize o sofrimento e Deus te apresentará um médico. Aceite isso como uma benção, ore ao Senhor e procure saber qual seu propósitos Dele pra você. Uma cura não precisa vir necessariamente de um milagre. Deus age somente até onde vai seu limite.
Outra forma de acabar com a depressão é fazer uma psicoterapia no caso a melhor psicoterapia do mundo, antes de falar desta, vou falar da psicoterapia. O que é psicoterapia ? Você procura um psicólogo, paga lá uma consulta, ele vai te ouvir e vai levantar uma hipótese, veja bem, hipótese do que pode estar te afligindo, o problema é que o psicoterapeuta é outro ser humano, embora inteligente é limitado e não é onipresente nem onipotente, mais sim ele pode te ajudar mais também pode falhar, sim ele pode se enganar, não por que ele queira mais porque ele não tem a onipotência nem a onisciência, o profissional psicoterapeuta embora experiente não sabe o que está no seu coração. Isso não quer dizer que você não deva consultar com psicólogo, pelo contrário, ele será indicado e usado por Deus para te socorrer. Mas por algum motivo você não tenha condições de consultar um terapeuta faça a maior psicoterapia do mundo. Sabe qual é ? Sabe como se faz ? É de graça inclusive e você pode fazer em qualquer lugar, você coloca os joelhos no chão o ora ao Senhor teu Deus, e coloca pra ele toda sua angústia. A verbalização é a maneira de expressar sentimentos, só tem um detalhe Deus não formula hipótese, ele sabe o que tem no seu coração porque tem a onipotência e a onisciência, em salmo 139:4 diz “Não havendo ainda palavra alguma na minha língua, eis que logo, ó SENHOR, tudo conheces“ . Quando falar com Deus, fala tudo que está to afligindo, diga tudo, não fique dizendo “Ó Deus o Senhor sabe...”, Deus quer te ouvir e ele te conhece profundamente vai dar a receita certa pra você.